Arquivo do autor:felipecoutinho21

“Fábrica de Ideias” em defesa da Petrobras

BANDEIRA_AEPET

A Associação dos Engenheiros da Petrobrás – AEPET – é uma fábrica de ideias em defesa da companhia.

É necessário perguntar:

Defender a Petrobrás de quem? De quais interesses?

Em favor de quem? Leia mais

Anúncios

Nota sobre acordo de pagamento de US$ 2,95 bi aos acionistas dos EUA

Nossa Associação recebeu com tristeza e indignação a informação de que a atual direção da Petrobrás acordou pagamento de quase dez bilhões de reais aos acionistas norte-americanos, para encerrar ação movida na corte de Nova Iorque. Leia mais


Petrobras 2017: o ano em que a verdade é aceita como evidente por si própria

“Caiu a ficha! ”. Nos telefones públicos, orelhões, quando se completava a ligação a ficha caia. A expressão quer dizer que esse é o momento em que se passa entender alguma questão. Esse é o fato marcante para a Petrobrás em 2017. A verdade passou a ser aceita por si própria, sem ser ridicularizada ou rejeitada com violência. A maioria dos petroleiros e dos brasileiros percebeu a “Construção da Ignorância sobre a Petrobrás”. A partir de agora é evidente que a Petrobrás não está (e nunca esteve) quebrada, que não precisa vender seus ativos para reduzir a dívida, que a privatização prejudica o fluxo de caixa e compromete o futuro que já se torna presente. Leia mais


Política de preços de Temer e Parente é “America First! ”

Import_Diesel_dos EUA

A Petrobras adotou nova política de preços dos combustíveis, desde outubro de 2016, cujas consequências são avaliadas neste artigo. Em resumo, foram praticados preços mais altos que viabilizaram a importação por concorrentes. A estatal perdeu mercado e a ociosidade de suas refinarias chegou a um quarto da capacidade instalada. A exportação de petróleo cru disparou, enquanto a importação de derivados bateu recordes. A importação de diesel se multiplicou por 1,8 desde 2015, dos EUA por 3,6. O diesel importado dos EUA que em 2015 respondia por 41% do total, em 2017 deve chegar a 82% do total importado pelo Brasil.Leia mais


Temer assume agenda das multinacionais do petróleo e desgraça o Brasil

Desde que Temer ascendeu ao poder, o governo assumiu a agenda das multinacionais do petróleo e de seus controladores. Trata-se da agenda do sistema financeiro internacional e dos países estrangeiros que controlam as multinacionais, privadas e estatais.

Mas o que exatamente desejam as multinacionais e seus controladores? Querem a propriedade do petróleo brasileiro, ao menor custo possível, com total liberdade para exportá-lo. Querem acesso privilegiado ao mercado brasileiro. Querem comprar os ativos da Petrobras a preço de banana. Querem garantir a segurança energética dos seus países, no caso das estatais. Querem maximizar o lucro no curto prazo, no caso das privadas. Leia mais

 


Petróleo, mico e passaporte

Qual país se desenvolveu exportando petróleo por multinacionais estrangeiras? Qual país, continental e populoso como o Brasil, se desenvolveu exportando petróleo em troca de dólares?

O petróleo brasileiro do pré-sal é um mico, do qual precisamos nos livrar o mais rápido possível? Ou o pré-sal é um passaporte inédito para o futuro? Leia mais


O maldito colonizado

O projeto colonial reúne aspectos econômicos, políticos e culturais. Desde a chegada dos europeus, desenvolve-se esse projeto no Brasil. Tem sido um sucesso esse projeto de exploração e exportação predatória do pau brasil, açúcar, borracha, minérios, carnes e chegamos agora ao ápice, o petróleo. Leia mais